Alerta Profético para a Igreja

10 12 2018

alerta

Há um consenso crescente no mundo ocidental que é independente de qualquer partido ou país específico – e que se posiciona violentamente contra quaisquer valores judaico-cristãos. A ideia é que as leis morais da Bíblia roubaram a humanidade da busca pela felicidade. O desejo é de anular os valores que são a base da família tradicional. Este é um movimento global e irá inexoravelmente avançar para dominar o mundo; por isso, precisamos estar preparados para ser severamente perseguidos se formos contrários a ele.

Deus está dando uma janela de oportunidade e vitória temporária contra essas forças através da eleição inesperada de Trump e vitórias conservadoras em outros países como o Brasil. Mas a reação a esses partidos e políticos que defendem os valores morais judaico-cristãos retornará em breve (acredito que acontecerá em 4 a 10 anos) com força renovada.

Devemos alertar a igreja com urgência para vigiar e orar sobre as seguintes questões:

1 – Precisamos aproveitar a prosperidade econômica que está chegando nos próximos anos para promover as causas do reino de Deus e não permitir que sejamos atraídos pelo materialismo e pela realização egoísta de nossos próprios caprichos, conforto e prazer.

Devemos manter os valores que Jesus nos ensinou de negar a nós mesmos, tomando nossa cruz diariamente, ministrando às necessidades dos pobres e dos não evangelizados. Não devemos nos deixar hipnotizar pelos valores das culturas que nos rodeiam. O dinheiro que Deus colocará em nossas mãos é para enviar e apoiar missionários e obreiros do reino em todo o mundo. Precisamos ver a Grande Comissão cumprida!

2 – O diabo não está preocupado com a geração mais velha. Ele não se importa se eles continuam indo à igreja e defendendo os valores cristãos. Assim como o faraó no antigo Egito, Herodes nos tempos de Jesus e o dragão em Apocalipse 12, ele está atrás da nova geração, pois ele sabe que é o instrumento que Deus usará para destruir seu reino e introduzir o reino do Messias.

Devemos, portanto, como igreja, dedicar toda a nossa atenção à preparação dessa nova geração. Precisamos combater o aborto, investir em escolas cristãs, ajudar órfãos, apoiar a adoção, trabalhar com nossos filhos, invadir as universidades e incutir na nova geração todo o legado que recebemos, para que possam se erguer como instrumento profético que Deus está procurando para desafiar o regime do anticristo e dar as boas-vindas ao retorno de Jesus.

Harold Walker – Parceiro ministerial do Revive Israel no Brasil

https://www.revistaimpacto.com.br/alerta-profetico-para-a-igreja/

Anúncios




Quando pedimos por avivamento, do que de fato sentimos falta?

4 12 2018

Fiz este questionamento para mim mesmo. Confesso que não é uma resposta simples, entender nossas insatisfações ou busca alucinada por satisfação.

Vivemos o tempo em que se pede por avivamento, por visitação de Deus, por fogo do céu, por chuvas, por unção, sobe-se o Monte Sinai, rebatiza-se no Jordão,  cantar na penumbra é a moda do momento, é o show gospel, balada gospel, se corre para ouvir o pregador/palestrante/motivador/escritor sucesso do momento… bem a lista é grande, então é melhor parar por aqui, pois sei que os leitores no exercício da imaginação poderão listar outros tantas e curiosas práticas.

Deus no seu propósito visitou e falou com o seu povo na antiguidade, como bem descrito no livro de Hebreus: … em várias ocasiões e de muitas formas, aos pais, por meio dos profetas… (1:1). Note, era um falar pontual, tempos em tempo Deus anunciava: direção, correção, repreensão, acontecimentos futuros, etc.

Mas e hoje? O mesmo livro de Hebreus completa: …nestes últimos tempos, nos falou mediante seu Filho Jesus… (1:2). Será que este falar é pontual como foi na antiguidade? Será que Ele fala somente por meio de pais ou profetas? Certamente que não, pois vejamos: Deus se fez homem, se tornou o Emanuel (Deus conosco), falou indistintamente com todos que com Ele conviveram, cumpriu seu propósito e, isto faz toda a diferença, “estabeleceu a Sua Igreja”, subiu aos céus mas não nos deixou órfãos, o Consolador, Jesus, enviou outro Consolador, o Espírito Santo. Novamente Deus conosco, falando (através dos seus filhos, na Igreja), avivando, transformando, corrigindo, revelando, abrindo nossos olhos para vermos a eternidade, enfim, para considerarmos como razão de nossas vidas o Seu interesse de salvação e restauração de todas as coisas.

Mas retornando sobre a questão do avivamento (e todos os seus sinônimos), que tanto pedimos e corremos para encontrar, vale alguns questionamentos para reflexão e paro por aqui: Se temos o Espírito Santo, temos falta de Deus? Se Jesus vive em nós (através do Espírito Santo), não temos ouvido Sua voz? Pedimos fogo pois o Emanuel não tem nos aquecido o suficiente? Pedimos chuvas pois Jesus, a fonte de água viva, não sacia nossa sede? Corremos para encontra-Lo, pois não sentimos Sua presença viva habitando em nós?

Apenas uma reflexão.

Paz a todos que estão em Cristo.

Carlos Saraiva





Tudo passa rapidamente e nós voamos

15 06 2017

Salmo 90:10b

Sabe qual é a ironia da vida? É ter pressa para crescer e, depois, suspirar pela infância perdida! É perder a saúde para ter dinheiro e, depois, perder dinheiro para ter saúde! É pensar ansiosamente no futuro e esquecer o presente e, mesmo assim, não viver o presente e nem o futuro! É viver como se nunca fôssemos morrer e morrer sem nunca ter vivido! A vida é feita de contradições.

A palavra “vida” lembra-nos de vitória, vitória em Cristo, aquele que nos torna mais que vencedores a cada dia. A “ida” é a nossa caminhada com Ele passo a passo…

Desfrute, no presente, da companhia de quem pode fazer-te feliz, como aqueles dois discípulos no caminho de Emaús (Lc 24:32). Seus corações ardiam enquanto Jesus andava com eles.

Cada amanhecer é a parte mais bonita do dia, porque é quando Deus te diz: Levanta-te! Presenteio-te com outra oportunidade para viver e começar novamente. Os dias bons te dão felicidade, os dias maus te dão experiência, as tentativas te mantém forte, as provas te mantém firme, as quedas te mantém humilde, mas somente Jesus te mantém de pé.

(Anônimo)

Publicado no jornal Corpo Vivo, ed. junho/2017, ano 26, nº 268, disponível em: http://www.igrejaempoa.com.br/corpo-vivo/





Se não entender o “inglês”, segue a tradução:

10 04 2017

Tá emendando os pedaços
Do que sobrou de um passado mal, sem Deus?
Já catando o que restou
De uma pancada nesse cabeção? Tem dó
Acorda otário
Se liga manezão
Tontão
Frouxão
Tá passando mal?
Tá gastando tudo nesse pó?

Jesus is life
Jesus is real
Jesus for you
Jesus can do, everything new
Its’s true

Viajou na maionese
Que poderia ser um gostozão?
Dançou
Tá pensando que Deus não te viu?
Tá se achando imortal?
Louco
Acorda otário
Se liga manezão
Tontão
Frouxão
Tá passando mal?
Tá gastando tudo nesse pó?

Jesus is life
Jesus is real
Jesus for you
Jesus can do, everything new
Its’s true





Banda Resgate – Jack, Joe And Nancy In The Mall

10 04 2017





A carne é fraca e também podre

22 03 2017

O Brasil tomou conhecimento há alguns dias de uma realidade assustadora: os principais frigoríficos do país vêm adulterando seus produtos, vendendo carne podre tratada com ácido cancerígeno para parecer fresca e misturando materiais bizarros ao alimento. Todos ficamos perplexos ao saber que o churrasco, o frango ou a linguiça que consumimos há sabe Deus quanto tempo eram como cavalos de Troia alimentícios: pagamos por algo saudável e recebemos produtos de terrível qualidade, cheios de péssimas surpresas dentro. Para além da natural indignação, esse episódio nos leva a algumas reflexões sobre a natureza humana.

Primeiro, cada vez mais fica patente que a ganância não encontra limites. Para não perder dinheiro, os empresários preferem vender seu produto putrefacto ou recheado de porcarias, o que eles têm plena consciência de que faz mal. A saúde de seus clientes? Só podemos concluir que para eles não importa. Lembro de que há cerca de oito anos fui internado no CTI com septicemia abdominal causada por um filé de frango estragado. Assim que dei entrada no hospital, minha esposa acionou a vigilância sanitária, que deu uma batida no restaurante onde ingeri o alimento podre. Não queira saber as condições que os fiscais encontraram. Posso dizer que, em resumo, a cozinha do restaurante parecia um chiqueiro onde porcos não gostariam de viver. Por isso, sei o que é passar mal por conta da ganância alheia.

Segundo, cada vez mais fica comprovado que a corrupção humana não encontra limites. Trinta e três profissionais do governo, responsáveis pela fiscalização das condições de funcionamento dos frigoríficos, foram afastados do cargo sob a acusação de receber propina para deixar essas empresas fazerem o que bem entendessem. A corrupção não é nova, mas é impressionante como, a despeito dos avanços da civilização, para muitos a vantagem financeira segue sendo mais importante que a verdade. Avançamos em tecnologia, mas como seres humanos somos os mesmos depravados de sempre.

Terceiro, o mandamento de amar o próximo como a si mesmo não parece fazer parte do dia a dia de grande parte da humanidade. Desde que pingue um dinheirinho, seres humanos são capazes de fechar os olhos a toda e qualquer barbaridade feita com a vida alheia. O bem-estar do próximo é posto abaixo da possibilidade de lucro pessoal. O que isso denuncia? Um gigantesco egoísmo. Desde que eu tenha uma boa propina no banco, não me importa que meu vizinho, meu tio, meu professor ou o jornaleiro da esquina ingiram carne podre, produtos cancerígenos, papelão ou cabeça de porco. O que importa é o meu interesse. Os outros? Hm…

Ganância, corrupção, egoísmo. Tudo isso junto mostra como a humanidade é idólatra de si mesma. Jesus disse: “Em todas as coisas façam aos outros o que vocês desejam que eles lhes façam. Essa é a essência de tudo que ensinam a lei e os profetas” (Mt 7.12). Quem ignora esse mandamento se põe acima de Deus e, com isso, peca por autoidolatria, o pecado maior de Satanás. É triste ver como este mundo caído se assemelha ao pai da mentira, à antiga serpente. Em contrapartida, cada vez mais fica patente como necessitamos de Cristo! Como precisamos da graça salvadora! Pois só ela nos liberta de nossa autoidolatria, nos faz amar o próximo de fato como a nós mesmos, nos faz não amar o dinheiro, nos conforma à natureza de Cristo.

Que Deus converta os corações. Pois, longe do Senhor, tudo o que nos resta é carne podre.

Paz a todos vocês que estão em Cristo,
Maurício Zágari < facebook.com/mauriciozagariescritor >

https://apenas1.wordpress.com/2017/03/21/a-carne-e-fraca-e-tambem-podre/





Existe esperança para o Brasil?

19 03 2017

http://www.pastorjoaodesouza.com.br/123/?p=3030